jQuery(document).ready(function($){$('#aside .widget-archive > ul').addClass('fancy');});

Em Olinda, prefeitura promove Carnaval inclusivo e previne exploração do trabalho infantil

Inclusão e preservação de direitos são palavras chaves da folia de Momo em Olinda. Pensando nisso, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos da cidade disponibilizou dois espaços na Praça do Carmo, que fomentam o exercício da cidadania. Um deles possibilita que pessoas com deficiências (física, intelectual, visual e auditiva) ou com mobilidade reduzida acompanhem de pertinho a festa de forma saudável e segura. No outro, crianças e adolescente- filhos de comerciantes, catadores e ambulantes envolvidos com o Carnaval-, tenham a segurança garantida e não entrem para as estatísticas do trabalho infantil.

O Camarote da Acessibilidade funciona do sábado até a terça-feira do Carnaval. De 9 às 16h, o espaço atende 100 pessoas por dia e conta com uma estrutura sinalizada, rampas de acesso e corrimões, banheiros adaptados para cadeirantes, e, a partir do domingo, audiodescrição para deficientes visuais e intérprete de libras para deficientes auditivos.  Maria Jusenar e José Andrade Junior são pais da jovem com necessidade especial Thalyta Prestrelo que adora o Carnaval, e ressaltam que estão muito felizes com o espaço. “Bem organizado, acessível e bem confortável, atende nossas necessidades”, conta a pai da foliã.

Já o Folia Cidadã, espaço que funciona de 10 às 22h, no Sítio de Seu Reis, no Parque do Carmo, oferece quatro refeições, atividades recreativas e oficinais para crianças de dois a 17 anos.  De sábado a terça-feira, a expectativa das coordenadorias é receber cerca de 100 pequenos cidadãos por dia. Adriana Vera Cruz é recreadora e está trabalhando no local. “As crianças estão nos recebendo muito bem e participando de tudo”, conta.

Polo Infantil de Olinda garante a festa dos pequenos foliões

“Tínhamos uma viagem marcada, mas adiamos para que nossa filha pudesse curtir esse polo”, contou Tatyana Vasco, mãe da pequena foliã Laysa Vasco, 4 anos, enaltecendo que o Polo Infantil Palhaço Chocolate, na Praça do Carmo, já é sucesso no primeiro dia de Carnaval. Os pequenos estão aproveitando gratuitamente um espaço com 10 brinquedos, shows, oficinas, além de recreadores. São 20 funcionários trabalhando de 9 às 16h.

Na área das oficinais é possível fazer um pandeiro para levar para casa e, além disso, a customização de fantasias, maquiagem e pintura. Pula-pula, cama elástica e piscina de bolas, são alguns dos brinquedos disponíveis para reforçar a diversão.

Luciene Maia, mãe do Henry é moradora do bairro de Amaro Branco e ressalta a alegria de ver seu filho brincando no espaço. “Meu filho tem cinco anos e desde que ele era bebê trazemos ele aqui e posso dizer que esse foi o melhor evento, ele tá bem à vontade, curtindo todas as atrações”. “Estou gostando de tudo, está bem legal”, o folião mirim reforça o que a mãe falou.

Os foliões de primeira viagem também estão curtindo o espaço. “Esse é o primeiro Carnaval da nossa pequena e o espaço é perfeito para ela. Muito organizado, com muita sombra e muitas atrações para todas as idades”, relatou a foliã Gisele Ruy, mãe da Alice de um ano.

 

Bloco do Manguebeat agita multidão em Olinda

Foto: Arquimedes Santos/ Prefeitura de Olinda
Foto: Arquimedes Santos/ Prefeitura de Olinda

Que o Carnaval começou em Olinda todo mundo já sabe, mas neste sábado (25.02) a Rua de São Bento, no Carmo ferveu com o Bloco Manguebeat, ao som de Nação Zumbi. Milhares de pessoas saíram com lama no corpo cantando o ritmo do criador Chico Science com muita animação.