Site Oficial do Carnaval de Olinda

Carnaval de Olinda 2018 monta esquema robusto para a saúde dos foliões

Os esquema de saúde 2018 prevê três pontos de atendimento médico ao folião. Foto: acervo PMO

 

Com uma expectativa de receber cerca de 2,3 milhões de pessoas para a folia do Carnaval 2018 de Olinda, a Secretaria de Saúde do Município preparou uma estrutura que envolve emergências médicas, vigilância sanitária, distribuição de preservativos e muito mais. Este ano o folião contará com um ponto a mais de atendimento médico com um posto avançado montado no auditório da Secretaria de Educação, localizada bem no foco da folia, próximo ao prédio sede da Prefeitura de Olinda.

Além da descentralização do atendimento médico, haverá a distribuição de 600 mil preservativos masculinos e femininos, testagens rápidas para HIV e Sífilis. O esquema ainda prevê um centro especializado para atender as mulheres vítimas de algum tipo de violência, vacinação, controle de pragas e do Aedes a aegypti.

• Atendimento / Postos avançados de Saúde
Durante o Carnaval, o folião que precisar de atendimento de urgência/emergência deverá se dirigir a um dos três locais:
– Hospital do Tricentenário (Rua Farias Neves Sobrinho, 232, Bairro Novo)
– Policlínica Barros Barreto (Rua Dr. Justino Gonçalves, s/n, Carmo)
– Posto Volante de Saúde, no auditório da Secretaria de Educação (Rua 15 de Novembro), no período de 10 a 13/02, no horário das 7h às 19h.

• Prevenção à DST/HIV/AIDS
– Ações de prevenção, com distribuição de 600 mil preservativos (masculino e feminino). Também haverá orientação sobre o uso correto do preservativo.
– Atuação de 72 agentes redutores de danos, trabalhando em escalas dia e noite. Os profissionais estarão distribuídos nos polos Carmo, Palácio do Governo, Rua 13 de Maio, Quatro Cantos, Amparo e Bonsucesso.

• Prevenção à Violência contra a Mulher
– O Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM), localizado na Rua do Sol, no Carmo, vai disponibilizar atendimento à mulher vítima de violência, além do encaminhamento aos serviços de referência, dentro e fora do município. O serviço ficará disponível no horário de 10 às 18h. Após esse horário, entre 17h e 22h, o acolhimento acontece na sede do CEAM, localizada na Rua Maria Ramos, no Bairro Novo.

• Samu
Atuação do serviço de atenção móvel pré-hospitalar, com descentralização de viaturas em locais estratégicos.
•Vigilância Sanitária
Os profissionais vão atuar no controle da circulação de produtos de interesse à saúde (alimentos/ gelo /bebidas artesanais /medicamentos e correlatos) e a oferta de serviços diversificados, cuja demanda aumenta de forma considerável no Carnaval.

• Vigilância Epidemiológica
Os agentes vão atuar no monitoramento das Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) e Doenças Diarreicas Agudas (DDA); investigação e bloqueio vacinal de possíveis surtos e epidemias; notificação de doenças de notificação compulsória e investigação de óbito.

•Vigilância Ambiental
Controle do Aedes aegypti e culex com a destruição de criatórios e aplicação de larvicida; supervisão e aplicação de raticida em locais estratégicos de foco de animação e concentração de lixo; controle de qualidade da água para consumo humano. Também será promovido um trabalho de educação em saúde no combate as arboviroses com arteeducadores.

•Vacinação
– Vacinação de trabalhadores do Carnaval de Olinda como (taxistas, comerciantes, ambulantes, funcionários, entre outros). Também será realizado um inquérito epidemiológico para traçar um perfil do folião e identificar possível circulação de doenças no município.
– Uso das redes sociais para divulgação do esquema vacinal e mitos sobre vacinação e doenças.

Deixe uma resposta

Fechar Menu