jQuery(document).ready(function($){$('#aside .widget-archive > ul').addClass('fancy');});

Trabalho social no Carnaval

Da última sexta-feira (20) até esse sábado (21), 11 crianças foram recolhidas por agentes da Secretaria de Desenvolvimento Social de Olinda e levadas para a tenda montada próximo à Policlínica Barros Barreto, no Carmo. A ação faz parte do termo de compromisso assinado por 328 barraqueiros contra a exploração do trabalho infantil. 

As abordagens feitas por duplas da Secretaria de Desenvolvimento Social tiveram início já na sexta-feira da semana passada. Nesse dia, eles recolheram seis crianças que estavam trabalhando com os pais. Nesse sábado, outras cinco crianças foram levadas para a tenda de recreação, totalizando 11 crianças nos dois dias.

O recolhimento dos menores é feito no momento da abordagem dos agentes aos barraqueiros. A campanha é educativa e de conscientização, mas se, durante a abordagem, crianças estiverem em situação de trabalho, serão recolhidas. Os agentes identificam ainda casos de agressão ou exploração sexual. Nestes casos, a situação é encaminhada para a Guarda Municipal ou para o Conselho Tutelar.

A tenda, localizada próxima a Policlínica Barros Barreto, além de desenvolver atividades recreativas, serve quatro refeições diárias para as crianças. O espaço é um local onde os barraqueiros podem deixar seus filhos tranquilamente enquanto trabalham no Carnaval.