jQuery(document).ready(function($){$('#aside .widget-archive > ul').addClass('fancy');});

Amanhã (4) Polo Fortim recebe Combo X, Alceu Valença e Orquestra Contemporânea de Olinda

O palco no Fortim do Queijo, no Carmo, vai garantir a animação dos foliões que quiserem curtir shows durante a folia de Momo. Na abertura do Carnaval, na quinta-feira (04), a festa tem início às 19h com a banda Combo X, de Gilmar Bola 8. Depois é a vez do grande homenageado do Carnaval de Olinda desse ano, Alceu Valença, embalar a multidão com seus sucessos. Na sequência, a Orquestra Contemporânea de Olinda faz show de encerramento do dia.

Confira abaixo a programação de Carnaval no Fortim do Queijo

04.02 – Quinta-feira
19h20 – Combo X
20h40 – Alceu Valença
22h – Orquestra Contemporânea de Olinda

05.02 – Sexta-feira
15h20 – Patrícia Cruz
16h20 – Tito Lívio
18h – Geraldo Cardoso
19h20 – Cylene Araújo
20h40 – Pablo Mesquita
22h – Maciel Salú
23h20 – Beto Bandolim
00h40 – Sérgio Andrade

06.02 – Sábado, às 15h
15h20 – Família Salustiano
16h20 – Spock
18h – Ayrton Montarroyos
19h20 – Rogério Rangel
20h40 – Zé Cafofinho
22h – Circo Vivant
23h20 – Edilza Aires
00h40 – Siba

07.02 – Domingo, às 15h
15h20 – Victor Camarote
16h20 – Caiçara
18h – Bonsucesso Samba Clube
19h20 – Sasquat Man
20h40 – Almério
22h – Quinteto Violado
23h20 – Antúlio Madureira
00h40 – Eddie

08.02 – Segunda-feira, às 15h
15h20 – Angélica Cris
16h20 – Maestro Duda
18h – Ganga Barreto
19h20 – Ska Maria Pastora
20h40 – Som da Terra
22h – Isaar
23h20 – Karina Buhr

09.02 – Terça-feira, às 15h
14h – Zuza Miranda
15h20 – Paulo Perdigão
16h20 – Quarteto Olinda
18h – Don Tronxo
19h20 – Emília Monteiro
20h40 – Sambê
22h – Paulo Pecado
23h20 – Café Preto
00h40 – Banda Rhudia

Renildo Calheiros convida a população para a abertura oficial do ‪Carnaval de Olinda‬ 2016

O prefeito Renildo Calheiros convida você para a abertura oficial do ‪‎Carnaval de Olinda‬ 2016. É amanhã (4), no Polo Fortim!

Às 19h sobe ao palco o Combo X, banda de Gilmar Bola 8 e músicos do bairro de Peixinhos, que com suas alfaias e poder percussivo prometem fazer o chão tremer.

Às 20h30 é a vez do grande homenageado do Carnaval 2016: Alceu Valença, talvez o artista que mais cantou Olinda para o mundo, com suas composições e talento ímpares.

Já às 22h, a turma da Orquestra Contemporânea de Olinda fecha com chave de ouro esse grande dia, com sua poética popular, cadenciada pela mistura de ritmos, tão presentes no cotidiano da Cidade Patrimônio da Humanidade.

Confira a programação completa das agremiações e dos polos do Carnaval de Olinda 2016: http://carnaval.olinda.pe.gov.br/carnaval-2016/programacao

Show de abertura do Carnaval traz Alceu, Samba e lirismo para Olinda

A Ópera Bajado é toda inspirada nas obras do artista plástico pernambucano Bajado. Foto: facebook.com/pages/Ópera-Bajado
A Ópera Bajado é toda inspirada nas obras do artista plástico pernambucano Bajado. Foto: facebook.com/pages/Ópera-Bajado

A abertura do Carnaval de Olinda na próxima quinta-feira (27), no Fortim do Queijo, no Carmo, terá shows de Alceu Valença, Ópera Bajado e Patusco, trazendo ao mesmo tempo irreverência, samba e lirismo para a festa de Momo e dando as boas vindas ao folião.

Ópera Bajado

A Ópera Bajado é um projeto que foi fomentado há dez anos, pelo maestro e saxofonista olindense Ivan do Espírito Santo, baseado na obra do artista plástico Bajado.

Para elaborar o projeto e as 18 músicas que compõem a Ópera, Ivan observou 29 quadros de Bajado, expostos no salão nobre da Prefeitura de Olinda. São violinos, violas, violoncelos, piano, flautim, flauta, saxofones, trompetes, trombones, tuba, percussões e bateria, executados por trinta músicos egressos da Orquestra Sinfônica do Recife e da orquestra do Grêmio Musical Henrique Dias, de Olinda.

Euclides Francisco Amâncio, o Bajado, foi um artista plástico que veio da Mata Sul de Pernambuco, mas que ganhou notoriedade pintando o Carnaval e o cotidiano do povo de Olinda.

Faleceu em 1996, aos 84 anos, sem nunca deixar de se retratar como “um artista de Olinda”. O maestro Ivan considera Bajado como o principal cronista da vida olindense.

O consagrado artista pernambucano Alceu Valença, é uma das atrações que abrem o carnaval de Olinda. Foto: Passarinho/Pref.Olinda
O consagrado artista pernambucano Alceu Valença, é uma das atrações que abrem o carnaval de Olinda. Foto: Passarinho/Pref.Olinda

Alceu Valença

Nasceu no interior de Pernambuco, nos limites do Sertão com o Agreste. É considerado um artista que atingiu maior equilíbrio estético entre as bases musicais nordestinas com o universo dos sons elétricos da música pop.

Influenciado pelos negros maracatus, cocos e repentes de viola, Alceu conseguiu utilizar a guitarra – influenciado pelo Rock and Roll de Elvis Presley -, assim como o baixo elétrico e, mais tarde, o sintetizador eletrônico nas suas canções.

Em 1969, recém formado em Direito no Recife, desiste das carreiras de advogado e jornalista e resolve investir na música. Em 1971, vai para o Rio de Janeiro com o amigo e incentivador Geraldo Azevedo. Começa a participar de festivais universitários, como o da TV Tupi com a faixa Planetário. Em 1980, lança o LP Coração Bobo (Ariola), cuja música de mesmo nome faz sucesso nas rádios de todo o país, revelando o nome de Alceu Valença para o grande público. Apresenta-se em vários estados brasileiros.
Hoje é referência artística nacional.

O Patusco promete colocar o folião para sambar na abertura do Carnaval da cidade. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda
O Patusco promete colocar o folião para sambar na abertura do Carnaval da cidade. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Patusco

No carnaval de 1972, a Empresa de Turismo do Estado (Empetur) resolveu organizar um grande concurso de fantasias. Na época, os seguidores e membros dessa grande festa, que queriam estar com aquela família, resolveram se fantasiar de Pato. O que não contavam era com a necessidade de o grupo, que se candidatou ao concurso, ter um nome. Eis que surge o Patusco.

Desde então Patusco virou sinônimo de Carnaval, de festa e de farra. Depois, com o tempo, a família Vasconcelos Guimarães foi crescendo e tomando forma, virou a própria família Patusco que todos os anos arrasta milhares de pessoas pelas ladeiras de Olinda.

O Patusco nasceu do carnaval, nas ladeiras de Olinda, uma mobilização de saudosos foliões que há 49 anos faz festa, levando alegria para as multidões.

Veja mais

Idosos irão comemorar 10 anos do Bloco Folia sem Idade

Haverá a eleição do rei e rainha idosos do Carnaval, da fantasia mais bonita, da mais criativa e do grupo mais animado. Foto: Ádria de Souza/Pref.Olinda
Haverá a eleição do rei e rainha idosos do Carnaval, da fantasia mais bonita, da mais criativa e do grupo mais animado. Foto: Ádria de Souza/Pref.Olinda

Com o clima carnavalesco no ar, nem o Conselho Municipal de Direitos do Idoso de Olinda (COMDIO) resistiu na hora da comemoração desta festividade. Uma parceria com a Prefeitura, por meio das Secretarias de Saúde, Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos, Esportes e Governo vêm há dez anos organizando o Bloco Folia sem Idade.

O baile em comemoração aos 10 anos do Bloco irá acontecer na próxima quinta-feira (20), a partir das 8h, no Clube Atlântico de Olinda. Haverá a eleição do Rei e Rainha Idosos do Carnaval, da fantasia mais bonita e criativa e do grupo mais animado.

Haverá ainda um cortejo, que sai do Clube Atlântico e segue pela praça do Carmo, Av. Sigismundo Gonçalves e Varadouro, de onde retorna para o Clube.

Troça Galícia em Folia faz prévia este domingo (02)

O Galícia e Folia foi formado, há 26 anos, por um grupo de amigos que jogavam futebol no bairro do Bonsucesso. Foto: Divulgação/Galícia na Folia
O Galícia e Folia foi formado, há 26 anos, por um grupo de amigos que jogavam futebol no bairro do Bonsucesso. Foto: Divulgação/Galícia na Folia

O olindense não aguenta esperar o Carnaval para se divertir e é por isso que existem as prévias carnavalescas. Neste domingo (2), tem a prévia do Galícia em Folia no Clube Atlântico, a partir do meio dia.

Animam a festa o Grupo Raízes, o Grupo Família, a orquestra Zuza Miranda & Thaís e a banda Sem Razão. Por volta das 19h30, o bloco deixa o Clube, no Carmo, e sobe as ladeiras de Olinda até se dispersarem no Largo do Guadalupe.

Os ingressos, que acompanham camisa, custam R$ 15 e podem ser adquiridos em três locais: Dedeu do Guadalupe, ao lado da Associação de Moradores de Guadalupe; no Bar da Tia, na Avenida Joaquim Nabuco ao lado do Mercado Mossoró; e na Mercearia do Maruca, no Monte.

A Troça Carnavalesca Mista Galícia em Folia surgiu em 1988 a partir de um grupo de amigos que jogavam futebol no bairro do Bonsucesso. Entrosados, os amigos que integravam o time Galícia, em referência a um time profissional de futebol da Bahia, resolveram brincar Carnaval juntos.

Nos primeiros anos, quando ainda não havia camisas oficiais do bloco, os foliões saiam com camisas de diversos times de futebol. Nesse formato, o bloco chegou a reunir 200 “jogadores” no Carnaval. Hoje, já com trajes próprios do bloco nas cores preta e amarela, o Galícia em Folia reúne mais de 800 pessoas.

Eles saem no domingo de Carnaval do bairro dos Bultrins, onde se concentram a partir das 12h, no espaço Bell Recepções, que fica na Rua Prof. Manuel Regueira, 262. No local, a festa é Open Bar e os ingressos custam R$ 60.

Prévia do bloco Hoje a Mangueira Entra anima o fim de semana em Olinda

O Bloco “Hoje a Mangueira Entra”, fará prévia no próximo sábado, dia 25 de janeiro, no Centro Luiz Freire. Foto: Divulgação/Hoje a Mangueira Entra
O Bloco “Hoje a Mangueira Entra”, fará prévia no próximo sábado, dia 25 de janeiro, no Centro Luiz Freire. Foto: Divulgação/Hoje a Mangueira Entra

Dia 25 de Janeiro, sábado, tem Prévia do bloco Hoje a Mangueira Entra. A festa acontece no Centro Luiz Freire, localizado na Rua 27 de Janeiro. A animação tem início às 17h e previsão para acabar às 2h do dia 26 janeiro.

Para fazer o clima ferver, haverá apresentações do Samba Verde e Rosa, com Cris Galvão e Nosso Samba é Assim, Banda Eddie, além de discotecagem de Bob Silva.

A entrada custa R$ 40 (inteira) e R$ 25 (meia). Os ingressos estão sendo vendidos na TAX (Boa Viagem), Avesso (Graças), Lauritzen (Rosarinho) e Período Fértil (Olinda).

O bloco Hoje a Mangueira Entra surgiu como a maioria das agremiações carnavalescas, de uma brincadeira pelas ruas de Olinda em pleno sábado de Carnaval. Passaram-se 20 anos e hoje arrasta mais de 2 mil pessoas pelas ladeiras da cidade, ao som do samba e muita animação.

Para conferir todas as atrações das Prévias do próximo final de semana (24 a 26 de janeiro), acesse o link: http://bit.ly/1f46SEu

Foliões curtem a Folia de Momo no Camarote da Acessibilidade

Foliões curtem o Carnaval de Olinda no Camarote da Acessibilidade. Foto: Williams Aguiar/Pref.Olinda
Foliões curtem o Carnaval de Olinda no Camarote da Acessibilidade. Foto: Williams Aguiar/Pref.Olinda

Localizado no Carmo, o Camarote da Acessibilidade proporcionou conforto e muita diversão a todos que possuem necessidades especiais. Além de curtir a folia com toda segurança necessária, os foliões tiveram à sua disposição serviços como intérpretes de línguas, áudio descrição, sala climatizada com a oferta de serviços médicos para auxiliar aqueles que possuem dificuldade de locomoção e distribuição de lanches.

O serviço começou no sábado e seguiu até a terça-feira. O projeto foi iniciado pelo Governo do Estado e é o segundo ano que acontece em Olinda, sendo executado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do município. “Todo folião tem o direito de brincar o carnaval com segurança”, ressalta Márcio Barros, supervisor da iniciativa.

A previsão é que uma média de 450 pessoas tenham passado pelo local durante os quatro dias de folia. “A ideia foi fantástica e a atenção das pessoas aqui conosco é maravilhosa. Gostei muito porque pude vir curtir a festa sem medo”, explica, entusiasmada, a cadeirante Ana Maria Rocha.

Fortim do Queijo recebe Fafá de Belém, Alceu Valença, Siba, Spok e Maestro Forró

J. Michiles ao lado do prefeito Renildo Calheiros no Carnaval 2012. Este ano, ele é um dos homenageados e abre a Folia de Momo na cidade. – Foto: Passarinho/Pref.Olinda
J. Michiles ao lado do prefeito Renildo Calheiros no Carnaval 2012. Este ano, ele é um dos homenageados e abre a Folia de Momo na cidade. – Foto: Passarinho/Pref.Olinda

O palco no Fortim do Queijo, no Carmo, vai garantir a animação dos foliões que quiserem curtir shows com artistas locais e nacionais durante a Folia de Momo. Na abertura do Carnaval, na quinta-feira (7), a festa tem início às 18h40 com J.Michiles, compositor pernambucano dos principais frevos que encantam conterrâneos e turistas. Este ano, o artista recebe o reconhecimento da cidade pelos anos dedicados ao frevo e à cultura. Em seguida, é a vez de Alceu Valença embalar a multidão com sucessos como Tropicana e Diabo Louro. Para fechar a noite, a Orquestra Contemporânea de Olinda.

Na sexta-feira (8), destaque para a apresentação do Maestro Forró e de Nena Queiroga. No sábado (9), Fafá de Belém é a grande atração nacional, encerrando a noite. Antes, sobem ao palco Bonsucesso Samba Clube, Ska Maria Pastora e Quinteto Violado.

Já no domingo (10), a banda Eddie mostra ao público todo o jeito e estilo de vida olindense. Na segunda-feira (11), o Maestro Spok brinda a todos com o melhor do frevo e, na terça-feira (12), é a vez de Siba, orquestra do Maestro Duda e Claudionor Germano.

OUTROS PÓLOS – Já no Polo Sítio de Seu Reis, no Carmo, a programação também será intensa. Gerlane Lops, Maciel Salu, Catharina de Jah, Ortinho e Karynna Spinelli são algumas das atrações. O samba também aparece como destaque no Alto da Sé com o Polo Samba. Entre as atrações, Patusco, Sambastar, Sambê, Preto Velho, Conxitas e D’Breck.