jQuery(document).ready(function($){$('#aside .widget-archive > ul').addClass('fancy');});

Polo Erasto Vasconcelos é sucesso de público com shows da cena local em Olinda

Palco montado ao lado da Praça do Carmo recebeu nomes como Eddie, Ave Sangria e Academia da Berlinda e plateia lotou nos quatro dias de festa 

Show de Academia da Berlinda abriu a terça (28). Foto: Daniel Ferreira/ Prefeitura de Olinda
Show de Academia da Berlinda abriu a terça (28). Foto: Daniel Ferreira/ Prefeitura de Olinda

Este ano o Carnaval de Olinda destinou um polo especialmente para a cena musical local. O Polo Erasto Vasconcelos, localizado no Sítio de Seu Reis, ao lado da Praça do Carmo, no Sítio Histórico da cidade. Com programações diárias desde o sábado (25) até esta terça-feira (28), começando sempre no final da tarde, o palco recebeu nomes como banda Eddie, Ave Sangria e Karina Buhr e Isaar.  Ao todo 23 atrações, todas de Pernambuco e, na grande maioria, de Olinda.

Nesta terça-feira (28.02), último dia do polo, quem abriu a programação foi a banda olindense Academia da Berlinda, que subiu ao palco às 16h, seguida das atrações de N’Zambi, Ganga Barreto, Zé Cafofinho, Marcio Oliveira e Banda Víruz.  Diante de uma plateia lotada, a banda se orgulha de tocar no polo. “É como tocar no quintal de casa”, diz o baixista Yuri Rabid. Para o vocalista Tiné, ter um espaço como esse no Carnaval faz toda a diferença. “É massa porque o nosso público é bem maior quando a gente toca aqui”, conta.

O coordenador do polo, Alexandre Miranda, garante que o espaço fez sucesso em todos os dias da folia. “Com certeza tivemos diariamente um público de cerca de dez mil pessoas neste espaço e as pessoas se espalham pelas ruas laterais e pela Praça do Carmo”, contabiliza. O palco contou com uma equipe de produção de pelo menos 25 pessoas, de técnicos a seguranças.

No público, as paulistas, Beatriz Correia e Ingra Domingues, disseram por que quando chegaram em Olinda decidiram brincar nesse espaço. “Encontramos aqui um pessoal diferente de tudo o que a gente viu nas ladeiras, são muito receptivos, tem uma vibe muito aberta, adoramos”, disseram as duas que já tinham conhecido a banda Academia da Berlinda em outro Carnaval e vieram curtir o show.