jQuery(document).ready(function($){$('#aside .widget-archive > ul').addClass('fancy');});

Bonequeiro Sílvio Botelho fala sobre suas criações artísticas

Sílvio Botelho, artista plástico e autor de vários bonecos gigantes do Carnaval de Olinda fala sobre suas criações artísticas. Olinda, capital da Folia! Lugar certo de diversão e cultura!

Olinda, capital mundial da folia.  Brinque, pule, caia na farra. Mas não destrua o patrimônio histórico, que é essa cidade.  E mais importante ainda: não destrua a sua vida, nem a de ninguém: se beber, não dirija.  Aproveitar bem o Carnaval, é aproveitar com responsabilidade.  É assim que se brinca. É com a alegria e a participação do povo.

#Olinda, melhor de se viver, maior curtição do nosso #carnaval! Confira a programação completa das agremiações e dos polos do ‪#‎CarnavalDeOlinda‬: http://carnaval.olinda.pe.gov.br/carnaval-2016/programacao

Calunga do Maestro Spok abriu o cortejo dos gigantes

Foto: Marcelo Soares/Pref.Olinda
Foto: Marcelo Soares/Pref.Olinda

Segurando um sax, um calunga de 3,4m e 15kg se destacava entre aproximadamente cem bonecos. Era uma réplica do músico Maestro Spok, que abriu o cortejo dos gigantes de Silvio Botelho nesta terça-feira (17), no Guadalupe. O saxofonista, arranjador e diretor musical da SpokFrevo Orquestra foi o homenageado da edição de 2015 do Encontro de Bonecos Gigantes.

O desfile também homenageia o fundador do grupo de Palhaços de Olinda, Renato José de Lima, o Reizinho, e o saudoso Afonso Martins, Afonsinho, que criaram as máscaras da trupe. Além do boneco de Spok, o público pode conferir outros artistas locais em grandes proporções como o Maestro Forró.

O representante comercial Nilton Paes Barreto assistiu o desfile no conforto da varanda de uma casa em Guadalupe. Enquanto a multidão acompanhava o cortejo, ele pode conferir os detalhes das indumentárias dos calungas. “Achei ótimo o desfile. Todo ano acompanho desde jovem. Destaco também a segurança da festa. Hoje estou com meus familiares e amigos, e enquanto tiver energia vou brincar até terminar”, afirma.

14° Encontro de Bonecos Gigantes homenageia o Menino da Tarde

100 bonecos desfilaram pelas ladeiras do Sítio Histórico Foto: Jan Ribeiro/Pref. Olinda
100 bonecos desfilaram pelas ladeiras do Sítio Histórico Foto: Jan Ribeiro/Pref. Olinda

No 14° Encontro de Bonecos Gigantes de Olinda, os números são redondos. O desfile deste ano homenageia O Menino da Tarde que completa 40 anos de folia e, consequentemente, os 40 anos de trabalho do pai dos bonecos gigantes da cidade, o artista plástico Silvio Botelho. Dentre os 100 bonecos que participam do encontro, destaques para o Homem da Meia Noite que prestigiou o evento e o boneco do bloco John Travolta que comemora 35 anos.

“Eu criei o Menino da Tarde em 1974, aos 16 anos de idade. Por isso, estamos comemorando, hoje, os 40 anos deste bloco e 40 anos do meu trabalho como artista plástico e carnavalesco. Nessas quatro décadas de trabalho, já se vai um universo com mais de 1000 bonecos criados por mim”, comenta Silvio Botelho.

Foliões de vários estados vieram conferir o encontro de Bonecos Gigantes de Olinda que é um dos marcos da terça-feira gorda do carnaval. A saída ocorreu no Largo do Guadalupe com apresentação do grupo Batuketu, orquestra e passistas de frevo. O percurso segue pela Rua do Amparo, Quatro Cantos, Ribeira e Rua de São Bento com apoteose em frente à sede da Prefeitura de Olinda.