jQuery(document).ready(function($){$('#aside .widget-archive > ul').addClass('fancy');});

Eu Acho é Pouco é pra quem não quer deixar o carnaval acabar

Criado em 1977, o bloco Eu Acho é Pouco é um do mais tradicionais do carnaval de Olinda. – Foto: Jan Ribeiro/Pref.Olinda
Criado em 1977, o bloco Eu Acho é Pouco é um do mais tradicionais do carnaval de Olinda. – Foto: Jan Ribeiro/Pref.Olinda

Às 16h, desta terça-feira (04), a Praça dos Milagres estava tomada por foliões trajando fantasias das mais variadas formas, mas sempre nas cores vermelho e amarelo. Eram os seguidores do bloco Eu Acho é Pouco que, todos os anos, se reúnem para acompanhar o dragão, símbolo do grupo, ao som de muito frevo.

Criado em 1977, o bloco já é tradicional no carnaval de Olinda e um dos últimos a desfilar na terça-feira gorda. Apesar disso, ninguém arreda o pé da concentração até o dragão e orquestra saírem em desfile pelas ruas do Sítio Histórico. O Eu Acho é pouco é um grande momento de encontro e confraternização de amigos, durante o carnaval.