Procurador fala sobre regras de segurança e disciplina na ocupação do Sítio Histórico

O Procurador Geral do município de Olinda, César André Pereira, fala sobre a portaria que disciplina o procedimento para autorização de funcionamento de casas privadas, localizadas no Sítio Histórico do município, e que fazem apresentações musicais durante o Carnaval. As famosas “casas camarote”.

A publicação do documento foi necessária devido ao aumento de eventos temporários, e pretende garantir a proteção do patrimônio e a segurança dos participantes desses eventos.

No texto, também é prevista a submissão do pedido ao Conselho de Preservação dos Sítios Históricos de Olinda, que se pronunciará sobre os impactos no conjunto arquitetônico e paisagístico, entre outros aspectos. A produção dos eventos deve fazer o pedido de autorização até o dia 10 de fevereiro, na sede da Secretaria de Patrimônio e Cultura (SEPAC).

Fechar Menu