jQuery(document).ready(function($){$('#aside .widget-archive > ul').addClass('fancy');});

Polo Folia Cidadã leva cidadania a crianças e adolescentes durante a folia

Polo funciona no Sítio dos Seu Reis (Parque do Carmo) durante os quatro dias da festa. Foto: Vinicius Rodrigues/Pref.Olinda
Polo funciona no Sítio dos Seu Reis (Parque do Carmo) durante os quatro dias da festa. Foto: Vinicius Rodrigues/Pref.Olinda

Já começou o ‪#‎Carnaval‬! E aqui a festa é democrática e inclusiva. Ontem (05) inauguramos o Polo Folia Cidadã, que funcionará do sábado à terça de folia, das 11h às 19h, no no Sítio de Seu Reis (Parque do Carmo). O Polo é uma ação de enfrentamento ao trabalho infantil e à exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes. O espaço é aberto ao público, mas é direcionado principalmente aos filhos dos comerciantes que trabalham durante o Carnaval. As crianças e adolescentes receberão quatro refeições ao dia.

Além disso, também participarão de atividades recreativas e lúdicas tais como oficinas de frevo, coco, maracatu, produção de fantasias, pintura, música percussiva e fabricação de adereços.

A solenidade de inauguração contou com a presença do vice-prefeito Enildo Arantes, do secretário de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos Humberto de Jesus, do vereador Marcelo Santa Cruz (PT), do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Olinda (COMDACO), Leandro Tavares, gestores públicos e moradores.

As equipes de atendimento serão formadas por coordenadores pedagógicos, assistente social, psicóloga, educadores sociais, cuidadores, oficineiros, recreadores, vigias, apoios administrativos e serviços gerais. Haverá ainda uma unidade de acolhimento municipal para crianças e adolescentes dando suporte ao Polo na proteção e cuidado das crianças menores de três anos.

#Olinda, melhor de se viver, maior curtição do nosso carnaval! Confira a programação completa das agremiações e dos polos do ‪#‎CarnavalDeOlinda‬: http://carnaval.olinda.pe.gov.br/carnaval-2016/programacao

Coordenadoria da Mulher atuou durante o Carnaval de Olinda

Foto: Marcelo Soares/Pref.Olinda
Foto: Marcelo Soares/Pref.Olinda

A Coordenadoria da Mulher da Prefeitura de Olinda também se fez presente nesse carnaval, mantendo um posto avançando na Escola Sigismundo Gonçalves em espaço compartilhado entre a Delegacia da Mulher e a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA), com o intuito de tratar dos crimes relacionados à lei Maria da Penha – casos de violência doméstica.

O espaço visa trabalhar na defesa dos direitos das mulheres nos focos de folia. Para isso, ocorre uma distribuição de material educativo em pontos estratégicos do Sítio Histórico.

Segundo o Comissário Marcos Alesi, os procedimentos usados no posto avançado são os mesmos utilizados no trabalha cotidiano da delegacia. “Aqui Fazemos o flagrante, registro de queixa e encaminhamentos necessários”.

Camarote da Acessibilidade funciona na Praça do Carmo

Foto: Diego Galba
Foto: Diego Galba

O Carnaval mais democrático do mundo também tem um espaço para que as pessoas com deficiência possam cair na folia. É o Camarote da Acessibilidade, que está em seu quarto ano, e disponibiliza um espaço climatizado e com suporte médico destinado a pessoas com qualquer tipo de necessidades especiais (física, intelectual, visual e auditiva) e também para idosos com dificuldades de locomoção. “É um espaço agradável, animado e confortável para que a pessoa com deficiência possa brincar o Carnaval de Olinda”, declara Gilson Diniz, coordenador do Camarote da Acessibilidade.

Localizado na Praça do Carmo, próximo ao Mourisco, o local funciona desde o ultimo sábado (14) até a terça-feira (17). Ele está equipado com sinalização, rampas de acesso e corrimões, banheiros adaptados para cadeirantes, audiodescrição para deficientes visuais e intérprete de libras para deficientes auditivos.

Há ainda uma rota acessível, que sai da Praça dos Correios e margeará a Praça do Carmo até o Camarote. O deficiente que tem carro poderá passar pela barreira, munido da credencial de livre acesso. O estacionamento fica próximo à policlínica Barros Barreto, e terá em torno de 20 vagas, só para pessoas com deficiência.

O camarote é uma ação Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos (SDSCDH), em parceria com a Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD) do Governo do Estado. Os participantes foram cadastrados previamente de 23/01 até 10/02.

Polo Infantil garante o #Carnaval da criançada

Hoje a folia em Olinda tem espaço garantido para a criançada. No Polo Infantil, que fica na Praça do Carmo, há uma estrutura com pula-pula, espaço para brincadeiras e atividades lúdicas, além do palco onde se apresentarão diversas atrações.

Para o Sábado de Zé Pereira, diversas atividades estão programadas:  12h30, Frevo Contando historinhas; 13h, Patusquinho; 14h, Brincadeira de Roda e historinhas; 14h30, Oficina de Dança – Frevo; 15h30, Afoxe Oxun Pandá; 16h30, Futebol / Desfile de bonecos Mirins. As programão termina às 17h.

Os comerciantes que forem trabalhar no Carnaval de Olinda também podem contar com a Tenda da Cidadania, que fica na parte de trás da Praça do Carmo, no Sítio de Seu Reis. No local, atividades recreativas serão coordenadas por educadores sociais.

No local, as crianças e jovens atendidos, que deverão ser cadastrados pelos pais no início do dia, participação de atividades recreativas e oficinas, além de receber quatro refeições diárias (dois lanches, almoço e jantar). A capacidade de atendimento por dia é de até 150 crianças e adolescentes.

As crianças menores de quatro anos levadas até a Tenda da Cidadania serão encaminhadas à Casa de Passagem e Diagnóstico de Olinda, que fica na Avenida Beira Mar, em Bairro Novo. No local, elas terão atendimento apropriado longe da folia.

Durante todo o Carnaval, 40 educadores sociais estarão nas ruas para identificar e resgatar crianças e jovens em situação de rua, trabalho infantil, uso de drogas e/ou exploração sexual. Quem for encontrado em uma dessas situações será encaminhado ao Centro de Referência da Infância e Adolescência (CRIA), que fica em Casa Caiada.

Tenda na Rua 13 de Maio combate homofobia

Na Rua 13 de maio, próximo ao Teatro do Mamulengo, será montada uma tenda onde 12 agentes da Coordenadoria de LGBT de Olinda distribuirão material informativo e farão abordagens ao público com o intuito de combater a discriminação aos homossexuais e a conscientizar o público LGBT sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. A ação é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos.

A abordagem difundirá, entre outras informações, a Lei Municipal 5168/99, que prevê punição, como multa, suspensão do alvará de funcionamento e até fechamento, de estabelecimentos comerciais em casos de práticas discriminatórias contra homossexuais. A ação contará também com a distribuição de preservativos.

Tenda Cidadã receberá filhos de comerciantes em serviço no Carnaval de Olinda

Espaço funcionará das 10h às 22h do Sábado à Terça-feira. Foto: Maíra Borges/Pref.Olinda
Espaço funcionará das 10h às 22h do Sábado à Terça-feira. Foto: Maíra Borges/Pref.Olinda

Foi instalada nesta sexta-feira (27) o Pólo Folia Cidadã, o Sítio de Seu Reis (Praça do Carmo), em Olinda. O espaço, que funcionará das 10h às 22h, do Sábado de Zé Pereira à Terça-feira Gorda, será o ponto de apoio das diversas ações desenvolvidas pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos durante o Carnaval e também receberá a Tenda da Cidadania.

A Tenda é um local onde os comerciantes que atuam em Olinda durante a Folia poderão deixar seus filhos com segurança. crianças e adolescentes de quatro a 18 anos. No local, as crianças e jovens atendidos, que deverão ser cadastrados pelos pais no início do dia, participação de atividades recreativas e oficinas, além de receber quatro refeições diárias (dois lanches, almoço e jantar). A capacidade de atendimento por dia é de até 150 crianças e adolescentes.

As crianças menores de quatro anos levadas até a Tenda da Cidadania serão encaminhadas à Casa de Passagem e Diagnóstico de Olinda, que fica na Avenida Beira Mar, em Bairro Novo. No local, elas terão atendimento apropriado longe da folia.

Durante todo o Carnaval, 40 educadores sociais estarão nas ruas para identificar e resgatar crianças e jovens em situação de rua, trabalho infantil, uso de drogas e/ou exploração sexual. Quem for encontrado em uma dessas situações será encaminhado ao Centro de Referência da Infância e Adolescência (CRIA), que fica em Casa Caiada.

Serviço
Denúncias sobre trabalho infantil e exploração sexual de menores, disque 100

Camarote da acessibilidade traz inclusão para o Carnaval de Olinda

Esse é o terceiro ano do Camarote da Acessibilidade, que foi ampliado para o Carnaval 2014. Foto: Ádria de Souza/Pref.Olinda
Esse é o terceiro ano do Camarote da Acessibilidade, que foi ampliado para o Carnaval 2014. Foto: Ádria de Souza/Pref.Olinda

Estão abertas as inscrições para cadastramento de pessoas com deficiência e idosos com mobilidade reduzida, que desejem utilizar o Camarote da Acessibilidade, no carnaval de Olinda. O espaço estará localizado na Praça do Carmo e funcionará de 1 a 4 de março, sempre das 9h às 17h.

Segundo o assessor técnico da Coordenadoria de Inclusão das Pessoas com Deficiência de Olinda, Geziel Bezerra, “o camarote foi uma proposta do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Olinda, e é importantíssimo por promover inclusão da pessoa com deficiência no Carnaval de Olinda. Ainda mais sendo uma festa de rua, onde normalmente o cadeirante não brinca, por conta da dificuldade de locomoção”.

Esse é o terceiro ano do camarote, que foi ampliado para o Carnaval 2014. Já é o segundo ano com banheiro, sala climatizada, maca, apoio de médicos, técnicos de enfermagem da Policlínica Barros Barreto. O espaço conta ainda com intérprete de Libras, monitores capacitados pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos, para dar todo o suporte necessário. Uma orquestra de frevo anima o ambiente.

Haverá ainda uma rota acessível, que sai da Praça dos Correios e margeará a Praça do Carmo até o Camarote. O deficiente que tem carro poderá passar pela barreira, munido da credencial de livre acesso. O estacionamento fica próximo a policlínica Barros Barreto, e terá em torno de 20 vagas, só para pessoas com deficiência.

O pré-cadastramento pode ser feito na Coordenadoria de Inclusão de Pessoas com Deficiência, até o dia 27/02, pelo telefone: (81) 3429.6777, ou pelo e-mail: desenvolvimentosocial@olinda.pe.gov.br.

Trabalho infantil não terá vez no Carnaval da Cidade Patrimônio

No espaço são atendidas crianças e adolescentes de zero a 17 anos – Foto: Ádria de Souza/Pref. de olinda
No espaço são atendidas crianças e adolescentes de zero a 17 anos – Foto: Ádria de Souza/Pref. de olinda

O ambulante que vier trabalhar durante o Carnaval de Olinda vai poder deixar seu filho “guardado” no Pólo Folia Cidadã. Essa é uma iniciativa da Prefeitura de Olinda que promoverá o serviço de atendimento às crianças, filhas de pais que trabalharão no comércio ambulante. O Pólo Folia Cidadã já se consolidou como uma alternativa eficaz para o enfrentamento do trabalho infantil, exploração e abuso sexual de crianças e outros tipos de vulnerabilidade.

Neste espaço, localizado no Sítio de Seu Reis, são atendidas crianças e adolescentes de zero a 17 anos. Lá, eles recebem quatro refeições ao dia e participam de oficinas de frevo, coco de roda, maracatu, produção de fantasias, pintura, música percussiva e fabricação de adereços. As equipes de atendimento são formadas por coordenadores pedagógicos, assistente social, psicóloga, educadores sociais, cuidadores, oficineiros e recreadores.

Uma equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social de Olinda faz uma ronda durante as prévias para abordar os ambulantes e divulgar o Pólo Folia Cidadã e seus serviços. Na própria Secretaria de Controle Urbano, os ambulantes que passam por lá para pedirem autorização de vendas nas ladeiras da cidade assinam um termo que explica a proibição do trabalho infantil.

O Polo Folia Cidadã irá funcionar de sábado a terça de carnaval, das 8h às 20h.